Os novos caminhos do design para web em 2013

webdesign_viniciusoli

Quando um internauta quer saber mais sobre um produto ou empresa, procura por mais informações na internet. Tornou-se quase que automático pesquisar sobre “esta” ou “aquela” marca, saber opiniões de outros consumidores e também comparar preços. De acordo com a pesquisa realizada em 2012, pela Hi-Mídia, em parceria com a M.Sense – especialista em estudos sobre o mercado –, 88% dos consumidores consideram a web um meio importante ou muito importante na escolha de produtos e serviços.

Com isso, o site corporativo ganhou ainda mais importância. Deixou de representar apenas a empresa e passou a mostrar sua qualidade, diferencial, percepção de mercado e os trabalhos realizados.

Criar uma página institucional exige um conhecimento da empresa, como sua personalidade, visão e valores e, também, saber aplicar os elementos de identidade gráfica, como: cores, fotos, ilustrações, tipografia e diagramação.

Para atrair novos clientes e reforçar sua presença digital, as empresas recorrem a layouts originais e atrativos.

Boa disposição dos ícones e fácil navegação são algumas das características de um layout de qualidade, que influencia diretamente o sucesso de um site. “O layout é a primeira coisa que chama a atenção do usuário. Se o layout é estético, o usuário se interessará em explorar o site e, então, entrar em contato com o conteúdo proposto”, afirma Daniel.

Nos últimos anos, as melhorias na conexão e na tecnologia dos computadores também influenciaram o design. De acordo com Daniel, estes avanços geraram uma grande evolução estética no desenvolvimento dos sites. “No início, a linguagem de programação de sites era muito simples. Atualmente, as possibilidades são infinitas, a tecnologia se renova diariamente. Quando você acha que chegou com o mais novo em termos de estética e programação, alguém vem e traz algo ainda melhor”.

Com o mercado de smartphones e tablets crescendo, o web design passou por uma grande mudança na maneira de criação e interação.

Segundo levantamento da consultoria IDC, as vendas de smartphones no Brasil em 2012 dispararam 78% sobre o em relação ao ano anterior. A empresa aposta também no crescimento das vendas de tablets no mercado brasileiro, que neste ano pode alcançar a marca de 5,5 milhões de unidades vendidas, ante as 2,9 milhões registradas em 2012.

Com novas ideias e soluções surgindo, foi preciso adaptar a paisagem digital e focar nos novos conceitos de navegação web. “Todas as tecnologias outrora utilizadas tiveram que ser repensadas. Estamos falando de dispositivos com display menor. O conteúdo deve ser apresentado de forma clara, legível e navegável ao toque de um dedo. Temos menos recursos que num desktop, porém queremos que o usuário tenha uma experiência muito próxima do que seria o site completo”, afirma Daniel.

Em 2013, é esperado que o design dos sites não apenas se adaptem às novas tendências do mercado digital, mas também mantenham as mesmas funcionalidades tanto no mobile quanto no desktop. “No ano passado começamos a ver os sites responsivos – que se adaptam a qualquer dispositivo com apenas uma programação –, e hoje vemos sites que vão, além disso. O layout que se vê no desktop pode ser considerado o avant-garde dos computadores, enquanto no mobile, se encontra um layout simplificado, ainda respeitando o principal, podendo ser até comparado com o prêt-à-porter”, disse Daniel, que aposta na ascensão do jQuery. “Para este ano, o minimalismo ainda reina. A regra do ‘menos é mais’ é uma tendência atemporal para a internet. A eliminação da tecnologia Flash, sendo substituída pelas animações jQuery, é o que tem de mais forte”.

A mais nova onda é o uso do HTML5 e CSS3, com capacidade de desenvolver projetos até então inimagináveis. “Estas duas tecnologias vieram para revolucionar. A gama de possibilidades aberta por estas duas linguagens de programação nos permite realizar coisas que, antes, eram impossíveis. Agora, eliminamos a necessidade de utilizar imagens para fazer sombreamentos, assim, o site fica mais leve e mais rápido de carregar. Podemos, também, criar sites com navegações que não são tão quadradas, tão óbvias, pois o HTML5, quando combinado com outras tecnologias, nos permite pensar `fora da ‘caixa’ e realizar coisas extraordinárias”, declarou Daniel.

Com tantas inovações e tendências surgindo no mercado do web design, não deixe sua empresa com um site desatualizado. Busque inovação, dinamismo e navegabilidade!

via

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>